Terça-feira, 15 de Outubro de 2019
Geral

Miguel Chiapetta Cardoso receberá homenagem em Sapucaia do Sul no 18º Batalhão

Publicada em 13/09/19 às 09:11h

por Michele Turchetti


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Redes Sociais )


Passo da Pátria sob o comando do Coronel Italo Maineri Junior referente a sua participação na UNEF - (United Nations Emergence Force) ou "Força de Emergência das Nações Unidas" que culminou na outorga do Prêmio Nobel da Paz de 1988.


Foto: Arquivo pessoal.


Miguel Chiapetta participou do 13º Batalhão de Suez que agiu para garantir o cessar fogo e evitar nova guerra entre Palestinos e Israelitas, e assim manter a paz no Oriente Médio, cujo conflito - final do ano de 1956 - ameaçava a paz mundial, devido às tensões em tempos de "guerra fria".

O epicentro das atenções era a ameaça de interceptação do Canal de Suez. A chamada Força Internacional de Paz, inicialmente composta por 10 países (Brasil - Canadá - Colômbia- Dinamarca - Finlândia - Índia - Indonésia - Iugoslávia - Noruega - e Suécia), instalou-se na Faixa de Gaza, criando uma zona neutra e estabelecendo a Linha de Demarcação de Armistício, que nada mais era do que a divisa física entre Egito e Israel. Em 29 de setembro de 1988 o Comitê Internacional do Nobel do Parlamento Norueguês outorgou o Prêmio Nobel da Paz para as forças de paz da ONU a fim de valorizar os esforços de tais missões de paz. 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

  (55) 9 9710 9594

Visitas: 3041989
Usuários Online: 183
Copyright (c) 2019 - |Jornal Manchete Tupanciretã Digital - Edição: Jornal Manchete Digital-Tupanciretã-RS