Domingo, 6 de Abril de 2020
Tupanciretã

Família pede ajuda nas redes sociais e campanha ganha força através de voluntários e anônimos

Publicada em

por Jefferson da Silveira da Silva


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 

 

 

  Notícias difíceis como a do pequeno Bejamim Lessa tomam de assalto, justamente no fim do ano, momento de festas. Mas o menino que está internado na UTI do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM) onde se recupera de cirurgia no intestino certamente ainda não compreende as datas comemorativas.  

O problema no intestino conhecido como nó no intestino (volvo), se agravou, pois com a demora no diagnóstico inicial, depois uma longa espera até a liberação de um quarto para internação e por fim o atendimento especializado, mas antes foram horas de muita aflição, para a família de Benjamim.

Os pais estão desempregados e moram em uma comunidade carente instalada recentemente em áreas da antiga ACIMEC, na saída para Júlio de Castilhos. Patrícia e Ronaldo Lessa esperam mais um filho, ela está com cinco meses de gestação.

Na tarde desta segunda-feira, dia 30, a reportagem conversou por telefone com a mãe do menino. Patrícia Martins agradeceu a todos, e repassou informações do pequeno que passou por cirurgia de emergência.

“O estado de saúde dele é delicado, a médica disse que teria muita sorte se ele saísse vivo da cirurgia. Graças a Deus tudo está indo bem até o momento. Precisamos de orações, disse.

Conversamos com o avô do menino, que contou como tudo aconteceu, Pastor de uma pequena Igreja localizada no prolongamento da Avenida Padre Roque Gonzáles, Antônio teve sua história revelada no programa Mix Tupã apresentado pela radialista Mireli Caldas, ele explicou que a família é humilde, o genro trabalhava na ferrovia, mas está sem trabalho e a filha também não tem emprego. 

“Entendo que o atendimento poderia ter sido mais rápido, precisamos acionar a Justiça para conseguir transferência para Santa Maria”, revelou o avô da criança.

O menino completou um ano nesta sexta-feira, dia 28. Situação está sensibilizando pessoas que estão realizando doações. Mesmo que o problema não seja relacionado com caso de câncer, a Liga Feminina de Combate ao Câncer de Tupanciretã, através da presidente Fátima Savian repassou R$ 500 aos pais que não tem data definida para retornar a Tupanciretã. Grupos de pessoas também estão colaborando em orações para recuperação da saúde de Benjamim.

Além da conta corrente em nome do pai do menino Ronaldo Lessa, a tia Angelica Gomes está responsável por receber o dinheiro em nome da família. Na área comercial, a arrecadação também está sendo realizada na Banca da Bianca no Camelo Municipal, voluntariamente. 



 

Benjamim Martins Lessa precisa de ajuda.

Qualquer valor em dinheiro poderá ser depositado na Caixa Econômica Federal.
Ag. 3445
Op 013 poupança
Conta 5543-3, em nome de Ronaldo Lessa.
Fraldas tamanho G podem ser doadas também.
Maiores informações:
99714-2359 - avô Antônio
99950-7905 - mãe Patrícia
Se precisar que recolham doações, podem falar com Angelica Gomes, no 99651-7703, que está autorizada pela família a recolher.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

  (55) 9 9710 9594

Visitas: 3801687
Usuários Online: 283
Copyright (c) 2020 - |Jornal Manchete Tupanciretã Digital - Edição: Jornal Manchete Digital-Tupanciretã-RS