Sábado, 29 de Março de 2020
Tupanciretã

Desfile de carnaval reúne foliões na Vaz Ferreira

Folia é parte da tradição tupanciretanense

Publicada em 23/02/20 às 01:04h

por |Jornal Manchete Tupanciretã Digital


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Letícia Mendes)
Já passava das 20h30 quando a Corte Municipal 2020 abria o Desfile de Rua de Tupanciretã, com a entrega simbólica da chave do município, pelo prefeito Carlos Augusto Brum de Souza  ao rei momo, Neneko Dias, os blocos começaram a surgir, cada um com sua tradição e contribuição histórica para o carnaval. Carnaval de rua é parte da tradição tupanciretanense

O Bloco Taí, da rainha municipal, Mariane Vendrusculo, trouxe a bateria 'Laranja Mecânica' que espantou o frio e o vento gelado que teimou em continuar durante todo desfile.

Segundo bloco a desfilar foi o Verde e Branco que levantou o público que prestigiou o desfile direto da avenida. Em bom número de componentes com sua sede no ótimo espaço do Ginásio Ferreirão. Neste ano o bloco completa 27 anos de história.   


O Bloco Sem Preconceito trouxe a bateria da Escola Acadêmicos da Vila União para Avenida Vaz Ferreira e com isso, muito samba no pé e com isso a folia ficou garantida. Destaque para as crianças, com a 'Ala Brotinhos'.

A Sociedade Salgueiro trouxe sua maior contribuição para o Carnaval 2020. Com trabalho da sua presidente Lenir Mazzone foi possível colocar o Salgueiro no carnaval, com samba enredo interpretado pelo músico Lenilson Mazzone ficou fácil de resgatar a importância que representa para as festas carnavalescas. Mas foi da dona Flor, 90 anos, o maior exemplo de superação e amor pela festa.


Bandeira Branca fez uma das melhores apresentações da noite com muito samba e simpatia representou o melhor do carnaval da Terra da Mãe de Deus.
Ainda, o Vira Copos, também fez a festa e encerrou a participação da Sociedade Salgueiro na Vaz Ferreira.


Abre Allas trouxe mais uma vez seu fusca conversível personalizado. O carro especial chamou a atenção dos espectadores que registraram o momento com vídeos ou fotos.

Então, eis que chega a vez do maior bloco em número de componentes de Tupanciretã, Os Sentenciados fez a festa com centenas de pessoas na Avenida Vaz Ferreira. A bateria Chico Chamum colocou até quem estava parado para sambar.  A responsabilidade com meio ambiente também foi lembrada por componentes que recolheram as latas de bebidas. Outra particularidade deste bloco é que sua história se confunde com a tradição carnavalesca de Tupanciretã. 

O Panelão também é outro bloco que resiste ao tempo e já está entre os principais blocos de carnaval de Tupanciretã. Com a mensagem ' Carnaval é tempo de folia', a festa ficou completa.

Los Malucos vem da Cohab Anna Terra, apesar de ser um do menores em número de componentes, a euforia e o entusiasmos superam qualquer expectativa. Além da festa, o bloco mostrou sua potencialidade e deixou sua marca  A bateria ficou sob a regência de Muskito Bala.   



Encerrando a festa momesca a Sociedade Recreativa Saca Rolhas. Do apelo nas redes sociais durante a semana a uma participação brilhante na Avenida, com toda a elegância que merece. Fundado em 1953, o Saca Rolhas mostrou carinho e respeito pelo carnaval, com fantasias impecáveis e  bateria afinada, o grupo seguiu mais uma vez pela Vaz Ferreira provando que a cidade tem história e tradição no Carnaval.



Fotos: Leticia Mendes


Mais fotos no decorrer deste domingo na página do JM Digital no Facebook, @jornalmanchetetupan.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

  (55) 9 9710 9594

Visitas: 3739230
Usuários Online: 133
Copyright (c) 2020 - |Jornal Manchete Tupanciretã Digital - Edição: Jornal Manchete Digital-Tupanciretã-RS